CPA / Avaliação Institucional

Desde a década de 90, a Associação Educacional Dom Bosco realiza a avaliação interna, tendo em vista o melhoramento constante do processo educacional na Instituição. A partir de 2004, a avaliação interna anual passou a ser uma exigência legal do Ministério da Educação, que tornou essa prática obrigatória em todas as Instituições de Ensino Superior – IES.

A avaliação interna tem a finalidade de identificar as oportunidades de melhoria e aperfeiçoamento, no que diz respeito às dez dimensões estabelecidas pelo Sistema Nacional de Avaliação do Ensino Superior – SINAES, tendo em vista a qualidade acadêmica.

Vale lembrar que as Faculdades Dom Bosco, como todas as IES, passam também pela avaliação externa, realizada por Comissões do MEC, periodicamente.

Para conduzir o processo de avaliação interna, foi instituída a Comissão Própria de Avaliação – CPA, pela legislação de Ensino Superior do MEC, em 2004. A CPA tem por objetivo avaliar a IES de forma autônoma, a partir dos resultados da pesquisa de satisfação feita anualmente com a comunidade acadêmica: corpo docente, corpo discente e corpo técnico-administrativo.

Também são consultados os egressos, que se manifestam através do Portal do Ex-aluno, e ainda a Ouvidoria da AEDB e o levantamento feito pelas Comissões do MEC.

Concluída a pesquisa e análise dos questionários, cabe à CPA apresentar seu relatório de avaliação para a Direção da Instituição e para o INEP – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais, propondo melhorias em cada uma das dez dimensões avaliadas, para atender às expectativas da comunidade acadêmica.

Na AEDB, formaram-se três Comissões Próprias de Avaliação, uma para cada Faculdade, que se reúnem pelo menos duas vezes por ano. Cada Comissão é composta por representantes dos corpos docente, discente e técnico-administrativo, da Coordenação dos cursos de graduação, do CPGE, da Secretaria Geral, do Conselho de Administração da AEDB e da sociedade civil organizada.

Ao longo do ano, qualquer aluno, professor ou funcionário pode procurar um membro da CPA para registrar alguma queixa ou fazer uma solicitação, mesmo fora do período da avaliação interna.

Dimensões institucionais estabelecidas pelo MEC para avaliação interna e externa:

1. Missão da Instituição;
2. Política para Ensino, Pesquisa, Pós-Graduação, Extensão, Monitoria e Iniciação Científica;
3. Responsabilidade Social, considerada a contribuição à inclusão social, ao desenvolvimento econômico e social, e à defesa do meio ambiente e do patrimônio artístico e cultural;
4. Comunicação com a sociedade;
5. Políticas de pessoal, do corpo docente e técnico-administrativo, no que se refere a seu aperfeiçoamento, desenvolvimento profissional e suas condições de trabalho;
6. Organização e gestão;
7. Infraestrutura física;
8. Planejamento e avaliação dos processos da autoavaliação institucional;
9. Políticas de atendimento ao estudante;
10. Sustentabilidade financeira